HGV completa 77 anos e deve implantar cirurgia bariátrica e cardíaca até o fim do ano

0
22

 

Com as presenças do Governador do Estado, Wellington Dias; da vice-governadora Margarete Coelho e o presidente da Fundação Hospitalar, Rafael Neiva, a direção, com todos os colaboradores e pacientes cantaram os parabéns para o maior hospital público do estado, O Hospital Getúlio Vargas, nesta quinta-feira(3),  que completou 77 anos de inauguração.

Na ocasião, Wellington disse que o HGV possui uma longa história e já salvou muitas vidas. “Foi aqui no HGV que homens e mulheres se dedicaram uma vida a trabalhar e a salvar vidas. Ao celebrar essa data, peço a Deus pelas pessoas que trabalham aqui e estamos ampliando investimentos para implantar mais um serviço, que é a realização da cirurgia bariátrica, cirurgia rara, que as pessoas tinham que se deslocar para outros estados e agora vamos fazer aqui, com profissionais do HGV, isso que é importante”, destaca o governador.

Ele destacou ainda que o HGV é um hospital de excelência, especializado em diversas áreas e referência para outros estados. “É um hospital de formação, tanto para alunos de Medicina de faculdades públicas e privados e que atende diferentes áreas. Aumenta nossa responsabilidade cuidar bem do HGV”, pontua Dias.

A programação do aniversário incluiu Missa em Ação de Graças e o tradicional corte do bolo. Para a diretora-geral do HGV, Fátima Garcêz, que assumiu a direção do hospital em janeiro deste ano, quando o hospital passou a ser gerenciado pela Fundação Estatal de Serviços Hospitalares (Fepiserh), o olhar tem sido na perspectiva de melhor gerenciar o hospital para que obtenha melhores respostas.

Fátima diz que somente o HGV resolve os problemas complexos que nenhuma unidade pública realiza no estado. Ela explica ainda que está trabalhando na perspectiva de concluir os 20 leitos de UTI ainda este ano, com o objetivo de ampliar o atendimento em alta complexidade, inaugurar o Serviço de Cirurgia Cardíaca e realizar transplante de fígado e cirurgia bariátrica.

Para o presidente da Fundação Hospitalar, Rafael Neiva, “estamos num processo contínuo de melhorias no hospital, finalizando as obras e, no máximo em 60 dias, vamos ofertar mais um serviço à população que é a cirurgia bariátrica e, até setembro, estaremos abrindo o Serviço de Cirurgia Cardíaca. Então viemos comemorar com os funcionários”, destacou o gestor.

Fonte: pi.gov.br

Deixe uma resposta