Criminosos usaram um pequeno drone para vigiar ação do FBI

0
17

O chefe do departamento operacional do FBI, Joe Mazel, relatou na AUVSI Xponential, uma conferência sobre tecnologia realizada em Denver, nos EUA, um caso em que criminosos usaram um drone para vigiar a movimentação de agentes. As informações foram publicadas pelo site Defense One.

Segundo Mazel, os agentes do FBI montaram uma base de observação para resolver um caso envolvendo refens quando escutaram um ruído estranho. O som era das hélices de um pequeno drone que estava observando a movimentação no local. O equipamento estava transmitindo as imagens ao vivo pelo YouTube para membro da quadrilha. Não foi revelado quando e onde ocorreu o incidente.

Segundo Mazal, as imagens mostravam “quem entrava e saía das instalações e quem poderia estar cooperando com a polícia.”

A tecnologia ajuda criminosos a aperfeiçoarem suas práticas ilegais. As imagens aéreas dos drones podem dar informações para prever ações das autoridades, encontrar falhar em sistemas de segurança ou identificar a rotina de uma vítima.

Na Austrália, esse tipo de equipamento também estaria sendo usado para monitorar as atividades portuárias e elaborar esquemas de contrabando mais eficientes.

Os EUA já estão desenvolvendo maneiras de neutralizar as ações envolvendo drones em campos de batalha. Porém, ainda não seria seguro realizar testes no cotidiano das cidades por causar interferências nos sinais de celular e também na comunicação entre aviões e torres de controle.

 

Fonte: noticias.r7.com

Deixe uma resposta