Infectou foi pouco: ransomware StalinLocker sequestra PC e apaga arquivos

0
19

Os pesquisadores da MalwareHunterTeam encontraram um novo ransomware que paga homenagem para Josef Stalin, o controverso líder da União Soviética na década de 40 e 50. Batizado de “StalinLocker”, o vírus infecta o computador e oferece 10 minutos para a vítima inserir um código. Caso o código não seja inserido, o wiper tenta apagar todos os arquivos da máquina.

“O software malicioso ainda está em desenvolvimento, mas pode entrar em estado de funcionamento completo rapidamente”

Assim que o StalinLocker assume a tela do computador, é exibida uma tela vermelha com a figura da Josef Stalin soltando raios pelos olhos, além do hino da URSS ser tocado enquanto a contagem de 10 minutos é iniciada.

  • Clicando nesse link, você consegue checar todas as ações realizadas pelo StalinLocker assim que ele infecta um computador

De acordo com o MalwareHunterTeam, o código para “destravar” a máquiva aparece ao subtrair a data de quando o programa foi executado pela data 30/12/1922. Caso você não saiba, essa data representa a fundação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), incluindo a Rússia, a Ucrânia, a Bielorússia, repúblicas da Ásia Central e a Transcaucásia. Se a vítima do ransomware acertar o código, o wiper libera os arquivos sem qualquer problema.

StalinLocker

Por outro lado, se a vítima errar o código, o ransomware vai tentar apagar todos os arquivos do computador. O MalwareHunterTeam nota que o software malicioso ainda está em desenvolvimento, mas pode entrar em estado de funcionamento completo rapidamente.

Fonte: TecMundo

Deixe uma resposta