Sem Manoel, Altos volta aos treinos e briga entre atletas na Série D fica no passado

0
63

O Altos se reapresentou na tarde desta terça-feira após o conturbado empate contra o Moto Club, pela quarta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. O treino foi realizado em um sítio na zona rural de Teresina e não teve a participação do atacante Manoel, que brigou com o companheiro Leone na partida e ficou em Altos fazendo tratamento fisioterápico. Enquanto isso, o zagueiro trabalhou normalmente com o grupo e, entre jogadores e comissão técnica, as confusões da última rodada estão superadas. As agressões entre os atletas do mesmo time, ao que tudo indica, ficou no passado.

Com o assunto superado, o treinamento do técnico Oliveira Canindé cobrou muita posse de bola e garra dos seus jogadores, chamado por ele de “time argentino do Piauí”.

O clube preferiu treinar em um sítio para evitar desgastar o gramado do estádio Felipão, exposto às chuvas nos últimos dias. Além de Manoel, o meia Róger Gaúcho também ficou em Altos, segundo o fisioterapeuta do clube, Jerberth Ribeiro, para fazer um trabalho preventivo. O meia Carlos Magno, se recuperando de uma lesão na coxa, também ficou.

Leone, zagueiro do Altos que brigou com Manoel treinou normalmente (Foto: Wenner Tito)

Dentro de campo, Olivera Canindé não quis saber de moleza. Usando um espaço reduzido, dividiu o elenco em duas equipes e, enquanto uma deveria manter a posse o máximo possível, a outra deveria buscar recuperar a bola e partir em contra-ataque. Parando as jogadas, explicando posicionamento e gesticulando muito, Olivera cobrava controle do jogo e raça de dos seus jogadores.

Treino do Altos (Foto: Wenner Tito)

O Altos seguirá com sua rotina de treinos até quinta-feira. Na sexta pela manhã, o time viaja de ônibus até a cidade de Assu, no Rio Grande do Norte, onde deve fazer um último treino na manhã de sábado. No domingo, encara o time da casa em um confronto direto pela segunda posição do Grupo A5 da Série D.

Oliveira Canindé, técnico do Altos (Foto: Wenner Tito/GloboEsporte.com)

Fonte: GE

Deixe uma resposta