Eleição na APL não define ocupante da cadeira 24

0
24

Neste sábado (19) houve eleição na Academia Piauiense de Letras para definir o ocupante da Cadeira 24, que era ocupada pelo Desembargador Paulo Freitas, falecido em 23 de janeiro de 2017. Participaram do pleito 33 dos 38 acadêmicos, nesta que foi quarta tentativa de preenchimento da referida cadeira.

Dois candidatos estavam inscritos, o economista Felipe Mendes, ex-secretário de Planejamento do Estado, e o médico José Itamar, dono do hospital Itacor. Para ser eleito, o candidato tem que obter maioria absoluta dos votos, ou seja 20 votos, o que não foi alcançado pelos dois postulantes à imortalidade.

O economista Felipe Mendes teve 15 votos, enquanto om medico José Itamar conseguiu 18. O acadêmico Fonseca Neto informou que o presidente da APL vai convocar, em data ainda a ser definida, uma assembleia para fixar data da nova eleição para preenchimento da Cadeira 24.

Sobre o preenchimento da cadeira 18, que era ocupada pelo jornalista e literato Herculano Moares, falecido no último dia 17, Fonseca Neto informou que os acadêmicos deliberaram que somente depois do preenchimento da cadeira 24 é que vão se reunir par marcar a data da eleição. “Não há pressa”, disse Fonseca Neto.

Para muitos observadores que acompanharam o processo eleitoral na Academia Piauiense de Letras, o médico José Itamar só perdeu a eleição por dois votos por causa da morte de Herculano Moraes, que era seu eleitor e coordenava a sua campanha.

 

Deixe uma resposta