Semduh investiu cerca R$ 23,5 milhões em obras de asfalto em 2018

O investimento tem como meta ampliar a malha com revestimento asfáltico na cidade, melhorando a mobilidade urbana

0
54
Crédito: Semcom

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) investiu cerca de R$ 23,5 milhões asfaltamento, recapeamento e manutenção de ruas e avenidas da capital durante o ano de 2018, com recursos do próprio município, recursos externos de financiamentos e emendas federais. Ao todo, foram utilizadas 71 mil toneladas de asfalto para a pavimentação de 85 km de vias, em um total de 513m².

As obras têm como intuito ampliar a malha com pavimentação asfáltica de Teresina, garantir que vias de grande fluxo permaneçam com asfalto de qualidade, por meio de intervenções da operação Tapa-Buracos ou obras de recapeamento, além de qualificar vias, já que muitas servem ao transporte coletivo.

O coordenador de asfaltamento da Semduh, Daniel Pereira, afirma que durante o ano, um dos focos da Prefeitura foi a pavimentação de bairros em diferentes zonas da capital. “Trabalhamos no fechamento dos quadrantes de vias nos bairros Dirceu I, zona Sudeste, Vila São Francisco, zona Norte, São João, Jóquei, Horto e Fátima, na Zona Leste, e Vila Operária na Zona Norte. O objetivo é que se contemple o bairro como um todo e não apenas vias isoladas. No total, só no asfaltamento dessas vias, a Prefeitura investiu aproximadamente 9,5 milhões”, comenta.

Daniel Pereira ressalta que em 2018 a Prefeitura de Teresina recapeou as principais vias de grande fluxo da cidade como: Av. Presidente Kenedy, Av. Duque de Caxias, Av. Pinel, trecho da Av. Raul Lopes e as alças da Ponte Juscelino Kubistcheck, Rua. Francisco Mendes, Av. Odilon Araújo, Av. Jóquei Clube e está concluindo Av. Castelo do Piauí com investimentos totais de R$ 10 milhões. Durante todo o ano, o poder municipal também investiu R$ 4 milhões em serviços de manutenção das equipes da Operação Tapa-Buracos, que percorreram todas as zonas de Teresina atendendo reparos solicitados pela própria população.

Nova usina de asfalto e maquinário

Além dos investimentos em obras de pavimentação asfáltica, a Prefeitura de Teresina também investiu R$ 4,5 milhões para aquisição da nova usina de asfalto, que possibilitou o aumento na produção para até 100 toneladas de asfalto por hora e mais quatro máquinas que operam diariamente nas obras de asfaltamento da cidade, sendo elas, uma vibroacabadora, uma fresadora e dois rolos de compactadores.

“Foram vários pontos positivos com a instalação da nova usina. Desde as melhorias para o meio ambiente, o aumento da produção, redução de 30% no uso do combustível, possibilidade de operação com Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), que é menos poluente e mais econômico, fazendo de Teresina um município pioneiro no Nordeste com usina de asfalto operando com GLP. Dessa forma, conseguimos modernizar o processo de produção de asfalto e garantir mais agilidade na conclusão das obras de mobilidade”, completou o coordenador.

Fonte: Ascom/Semduh

Deixe uma resposta