Governo realiza obras em rodovias importantes para o turismo piauiense

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email

Dentre elas, a PI-213 que liga Esperantina ao Parque Nacional da Cachoeira do Urubu, a PI-211 e a PI-214. Ao todo, serão mais de 60 km de rodovias melhoradas através do PRO Piauí

 Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (IDEPI), está executando obras em várias rodovias importantes para a região norte do Estado, com recursos provenientes do PRO Piauí. É o caso da rodovia estadual PI-213 nos trechos que ligam Esperantina ao Parque Nacional Cachoeira do Urubu, um dos mais importantes e belos pontos turísticos do estado, localizado a 180 km de Teresina e a 18 km do centro de Esperantina.

“As obras nas rodovias significam um importante passo para fomentar ainda mais o turismo regional e, por extensão, aquecer a economia local, porque o turismo é um vetor de desenvolvimento econômico e por isso mesmo de melhoria da sociedade”, diz Leonardo Sobral, diretor-geral do IDEPI, ressaltando que o Parque da Cachoeira do Urubu é conhecido em todo o Piauí e, agora, com a melhoria das rodovias, suas belezas se estenderão Brasil afora.

As obras incluem a restauração e manutenção de dois trechos. O primeiro, com extensão de 10,25km, liga a sede do município até a entrada que dá acesso ao Parque. Já o segundo, com extensão de 9,0 km, vai do entroncamento da rodovia (Esperantina) até o parque. Os investimentos previstos na obra serão em torno de R$ 5,6 milhões, recursos do governo do estado, através do PRO Piauí.

Além da restauração e manutenção rodoviária, os serviços incluem também tapa-buracos, aplicação de asfalto betuminoso na pista de rolamento e acostamento; manutenção de drenagem superficial, manutenção dos Bueiros, além de novas sinalizações horizontal e vertical.

Outras rodovias importantes para a região e que estão em execução pelo IDEPI são a PI-211, que liga Esperantina a Joaquim Pires e possui extensão de mais de 41km de extensão; e a PI-214, no trecho que vai de Esperantina aos povoados KM 7, Pereiras e Bonfim. O valor do investimento previsto nas duas obras é de mais de R$ 11 milhões, recursos oriundos do governo do estado, através do PRO Piauí.

Em seis meses, PRO Piauí já apresenta resultados concretos

O PRO Piauí rodovias foi lançado em março deste ano em solenidade no Karnak. Na ocasião, o diretor-geral do IDEPI, Leonardo Sobral, avaliou o Plano de Restauração de Rodovias como um programa extremamente positivo para o estado e ressaltou que o IDEPI estava com uma equipe preparada e fortalecida para trabalhar e cumprir o cronograma de ações apresentado.

“Não tenho dúvidas da importância desse projeto para a população piauiense. É um plano audacioso, corajoso, e tenho certeza de que todos os órgãos envolvidos estão seguindo as diretrizes do governador Wellington Dias e do coordenador Rafael Fonteles, desempenhando com afinco essa missão. Seis meses depois, o cronograma de recuperação das rodovias vem sendo executado com celeridade e os resultados estão aparecendo”, destaca Sobral.

Dentre os exemplos, Leonardo Sobral destaca as obras da PI-392, a rodovia da soja, cujas obras estão avançadas e recebendo o asfalto; e a rodovia que liga a cidade de Avelino Lopes, no Sul do Piauí, à divisa com a Bahia, no município de Buritirana, que já está com cerca de 90% do cronograma executado e entra na fase final, com previsão de conclusão em novembro deste ano.

O Plano de Restauração de Rodovias do Piauí, ampliará investimentos na malha viária em mais de 6 mil quilômetros de rodovias piauienses. Além de executar ações de conservação nos corredores de maior tráfego entre as cidades e vias secundárias, o objetivo é interligar por asfalto todos os municípios piauienses até o fim deste ano. Ao todo, serão investidos mais de R$ 782 milhões para recuperar e conservar estradas nos 12 territórios de desenvolvimento do estado.Fonte: IDEPI

Deixe um comentário

Veja também...