Wellington apresenta projeção de aumento de 1 GW na produção de energia solar no Piauí em 2019

O estado vem sendo procurado por investidores do mercado nacional e internacional.

0
39

O governador Wellington Dias proferiu palestra, nesta sexta-feira (07), no Fórum de Energia Solar Fotovoltaica, realizado no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O objetivo do encontro é discutir os cenários e oportunidades do segmento de energias renováveis para o estado.

Wellington destacou a importância do fórum. “Aqui no Piauí nós já possuímos estudos comprovados sobre a capacidade de produção solar do estado. Nosso objetivo é, em 2019, já aumentar 1 gigawatt (GW) na produção e evoluir esse número no decorrer dos anos. Nós temos a expectativa de que cada residência pode ter placa solar substituindo a energia que consome. É possível alguém fazer um investimento para gerar energia solar, jogar energia produzida na rede da Eletrobras e ter energia constante, descontando na sua conta. Na prática, você vai ter dois contadores. Um que registra seu consumo e um que registra seu crédito e faz um encontro de contas, gerando economia para a população, indústria, comércio, entre outros”, destacou Dias.

Com abundância em incidência solar, o Piauí vem sendo procurado por investidores do mercado nacional e internacional do setor de energia elétrica para a implantação de novos empreendimentos em energia solar fotovoltaica.

Para o superintendente do Sebrae no Piauí, Mario Lacerda, a discussão dessa temática de energias renováveis é de extrema importância. “Na temática de energias renováveis, o Piauí se tornou o protagonista desse processo, seja na geração das usinas ou na microgeração. O foco do Sebrae é fomentar que os empreendedores, principalmente aqueles de grande consumo, possam diminuir os custos e aumentar a competitividade por meio desse processo e a parceria com o Governo do Estado tem sido muito importante para que essa gente possa realizar eventos dessa natureza”, ressaltou Lacerda.

Segurança

Ainda nesta sexta-feira (07), o governador participa da solenidade de implantação do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública Regional do Nordeste, em Fortaleza.

“O Piauí faz parte desse projeto que visa uma grande integração do Ministério da Justiça, por meio da Polícia Federal, Rodoviária Federal, Forças Armadas, Polícia Civil e estadual e de cada um dos estados com seus setores de inteligência. Com esse centro, nós vamos poder, de maneira mais preparada, lidar com o crime organizado que está presente em todo o Brasil, Nós vamos ter um mapa da criminalidade, um monitoramento em um ponto central de uma forma mais consistente”, explicou Wellington.

Fonte:Ccom/Aline Medeiros e Marina Ribeiro

Deixe uma resposta