Prefeito analisa implementar tarifa inferior a R$ 4,02 para transporte

Firmino Filho analisa os relatórios do conselho e da Strans para definir o valor da passagem

0
98

Retornando ao trabalho após o recesso, o prefeito Firmino Filho declarou, na manhã desta segunda-feira (07), que a Prefeitura deve definir um valor inferior aos R$ 4,02 para tarifa do transporte público. Ele está analisando os relatórios do Conselho Municipal de Transporte e da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito – Strans para se pronunciar nos próximos dias.

“Vamos nos debruçar nos próximos dias para que possamos tomar uma decisão. Aparentemente, a posição do conselho foi de escolher um número que viesse a zerar os subsídios. Mas vamos buscar dentro do orçamento uma forma para que possamos minimizar essa carga sobre a população”, disse.

Os subsídios são valores pagos pelo município para compensar gratuidades e a passagem dos estudantes, que atualmente corresponde a cerca de 42% do valor da passagem inteira. “Buscaremos os recursos para bancar essa diferença. Qualquer valor abaixo do que foi decidido pelo Conselho vai exigir do Tesouro Municipal a alocação de subsídios através do Fumtran [Fundo Municipal de Transportes]”, explica.

Em Teresina, há cinco anos a Prefeitura vem mantendo a tarifa para estudante congelada em R$ 1,05. “Acho que essa é uma tradição importante que criamos nos últimos cinco anos para facilitar especialmente a carga financeira nos ombros das famílias que tem crianças e adolescentes na escola”, finaliza.

Fonte: Semcom

Deixe uma resposta