Museu da Imigração lança programa de residência artística em SP

0
65

Por Letycia Bond – Repórter da Agência Brasil

O Museu da Imigração do estado de São Paulo recebe, até o dia 22 de fevereiro, inscrições de imigrantes que desejem participar do programa de residência artística da instituição. Tendo como eixo o tema “Acolhida”, o processo de criação durará três meses, a contar de maio. Ao final dele, os artistas ganharão uma exposição, que ficará aberta ao público por um mês, podendo ser prorrogada por mais tempo.

Seguindo modelos de residência artística difundidos em todo o mundo, o museu se compromete a disponibilizar sua estrutura física e apoio de sua equipe para pesquisas e orientações que os participantes possam, porventura, solicitar. Além desse suporte, a administração informa que poderá auxiliar no fornecimento de material.

A ideia é que os participantes desenvolvam, acompanhando a rotina do local, projetos relacionados às artes visuais, como pintura, escultura, desenho, gravura, cerâmica, produção digital e instalação. Eles receberão uma bolsa no valor de R$ 4,5 mil, a ser aplicada conforme cronograma submetido à instituição.

“A gente prevê que ele [o artista] irá participar das rotinas – há uma carga horária mínima prevista para isso -, ter contato com todas as áreas do museu. E a execução do projeto vai ocorrer em ateliê aberto, contando não somente com a participação do artista, mas do público em geral”, observa a diretora executiva da instituição, Alessandra Almeida.
Inscrições

Para concorrer a uma das duas vagas abertas, os candidatos devem ter, no mínimo, 18 anos de idade completos e remeter uma ficha de inscrição, um breve currículo e um portfólio composto de cinco a dez fotos de obras de sua autoria. Ao entregar a documentação, é necessário também que comprovem ter uma nacionalidade distinta da brasileira e que moram no Brasil.

Conforme esclarece o museu em edital, são adotados como critérios para a seleção a pertinência da perspectiva proposta, a originalidade, a criatividade e a expressividade do trabalho. Também contam pontos no processo seletivo o encaminhamento de um pré-projeto e a apresentação de peças relacionadas às migrações que o candidato já tenha produzido anteriormente.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por e-mail (secretaria@museudaimigracao.org.br) ou entregues, pessoalmente, na recepção do museu, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h – com exceção dos feriados. Os dados a serem preenchidos na correspondência, como endereço da instituição e nome completo do destinatário, podem ser consultados no edital

O resultado da seleção deve ser anunciado até o dia 2 de abril, no site do museu. Em caso de dúvidas, o candidato poderá enviar um e-mail para museudaimigracao@museudaimigracao.org.br

Deixe uma resposta