Espetáculo midiático

0
57
Crédito: Portal da Câmara Municipal

O vereador Dudu da Trindade ou Dudu do PT, como queiram, protocolou na Câmara Municipal um Projeto de Decreto Legislativo anulando o decreto do prefeito Firmino Filho que fixou a tarifa de ônibus em R$ 3,80, argumentando que está baseado em dispositivo da Lei Orgânica do Município.

Mais que ninguém o vereador sabe que se trata de uma atribuição privativa do Executivo fixar o valor das tarifas dos transportes coletivos, baseado em parecer do Conselho Municipal de Transportes, que este ano entendeu de fixar a tarifa em R$ 4,00. O prefeito achou alto e reduziu para os R$ 3,80 em vigor.

Portanto, a intenção do vereador é simplesmente fazer média com os usuários de ônibus, pois, se estivesse de fato preocupado com essa questão, a primeira coisa que teria feito era convencer o governador Wellington Dias a reduzir a alíquota do ICMS que incide sobre o óleo diesel, hoje em 31%, uma das mais altas do Brasil.

Outro fator que contribui para a elevação do preço das passagens de ônibus é o privilégio imoral concedido a muitas categorias que, embora recebam salários razoáveis, foram contempladas pela Câmara Municipal com o direito de andar de graça nos ônibus,

O vereador petista sabe que não tem almoço grátis e que a gratuidade entra no cálculo das planilhas de custos das empresas e contribui para elevar o valor das passagens, pois empresário não dá nada de graça para ninguém.

No entanto, não se ouviu uma palavra do nobre vereador acerca dessas questões. Por que ele não propôs na Câmara Municipal a revogação da gratuidade e não cobrou do seu governador a redução da alíquota do ICMS?

Com a palavra o vereador Dudu da Trindade!

Deixe uma resposta