Sesapi diz que caso da Delta foi diagnosticado em piauiense que mora no Rio de Janeiro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email

Estudos da Fiocruz confirmaram que um piauiense foi infectado com a variante Delta do novo coronavírus, mas a Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) informou que o homem não mora no Piauí e nem esteve no estado, atualmente ele reside  no estado do Rio de Janeiro.

Não sendo o mesmo notificado pelo Ministério da Saúde como sendo caso do Piauí.

De acordo com a coordenadora de Epidemiologia da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Amélia Costa, a amostra foi coletada no estado do Rio de Janeiro e analisada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde o homem reside.

“Ele não esteve no Piauí e não houve nenhuma amostra desse paciente enviada pelo Lacen-PI. Com isso, até o momento não há confirmação da variante Delta no estado do Piauí por meio de exame laboratorial ”, explica.

A Sesapi está investigando uma suspeita de infecção pela variante Delta de um paciente, que veio a óbito, no último sábado (11), no Hospital Regional de Picos. O homem de 72 anos viajou para São Paulo no dia 12 de agosto e retornou a Picos, em um ônibus clandestino, no dia 24 do mesmo mês. A amostra será encaminhada esta semana para a FioCRuz em Recife, e levará pelo menos 45 dias para sair o resultado.

“Estamos esperando também os resultados de cem amostras, que tiveram alteração em sua carga viral e foram enviadas a mais ou menos um mês para a FioCruz do Rio de Janeiro, onde será feito o sequenciamento genético. Porém ainda não recebemos nenhuma confirmação por parte do laboratório de Delta no Piauí”, lembra Amélia Costa.

Deixe um comentário

Veja também...